Sexta-feira, 12 de Agosto de 2011

Opressão

Ao passo de cada dia,

O vento corta-me a esperança,

E em cada noite,

Num momento de corrente fria,

O vento que vem de dia,

Corta-me também a liberdade!

Estou sufocado num abismo escuro e esta mágua intriga-me,

Esse momento tão puro que teima em chegar,

Começa a fervilhar nas profundezas e a reflectir-se no meu olhar!

Preciso de algo para lavar esta dor da minha mente,

Preciso de um pensamento eloquente que me faça seguir em frente

E que me devolva a liberdade!

A negação é certa e a metáfora enigmática,

Mas o estorvo não existíria se não fosse a matemática!

Dia-a-dia, o tempo vai voando,

Noite-a-noite, o pensamento vai-se intensificando!

Está-se a chegar o lumiar,

E eu permaneço neste abismo,

Sem eco, sem vida, sem luar!

Talvez seja demasiado paradoxal,

Talvez não se entenda a verdade,

Eu posso até ser anormal,

Mas tudo o que eu desejo é a liberdade!

Publicado por Pseudónimo às 04:59
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quinta-feira, 29 de Julho de 2010

Sete Faces

Quando nasci, um anjo tortodesses que vivem na sombradisse: Vai, Carlos! ser gauche na vida. As casas espiam os homensq...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 03:46
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Sábado, 6 de Março de 2010

É talvez o último dia...

É talvez o último dia da minha vida. Saudei o Sol, levantando a mão direita, Mas não o saudei, dizendo-lhe adeus, Fiz si...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 01:42
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009

Chegaremos ao fim

Entre flores e espinhos objetos daninhos entre a faca e a alpercata que dilema escabroso Na parede do moinho a laga...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 23:44
Link do post | Comentar | Ver comentários (1) | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009

Cada gesto teu

Sei que estás me esperando incógnita nossos tempos se cruzaram por um instante linda és jovem e depois já te começa...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 23:43
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009

ABÍLIO TERRA JÚNIOR-P...

A-Abílio Terra Júnior é escritor, B-Belo Horizonte tem seu berço; Í-Inesquecível Servidor Público, L-Lembrado por seu gr...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 23:39
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009

Ainda não

Não Ainda não No curso Minúsculo Tombam As sardas Pingentes Em uma escala Gotícola Óculos Nobres Corrimentos Lác...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 23:29
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009

A palvra

Soa Como um rio Um murmúrio Um tom acima Um crepitar De lamas Um deslevo Um farfalhar De escovas Sons guturais D...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 23:23
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Os versos que te fiz

Deixa dizer-te os lindos versos raros Que a minha boca tem pra te dizer! São talhados em mármore de Paros Cinzelados por...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 10:07
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Velhinha

Se os que me viram já cheia de graça Olharem bem de frente para mim, Talvez, cheios de dor, digam assim: "Já ela é...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 10:06
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Eu não sou de ninguém

... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ... ...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 10:04
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Em busca do amor

O meu Destino disse-me a chorar: "Pela estrada da Vida vai andando, E, aos que vires passar, interrogando Acerca d...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 10:02
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Horas rubras

Horas profundas, lentas e caladas Feitas de beijos sensuais e ardentes, De noites de volúpia, noites quentes Onde há ris...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 10:00
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Languidez

Fecho as pálpebras roxas, quase pretas, Que poisam sobre duas violetas, Asas leves cansadas de voar... E a minha boca t...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 09:59
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Charneca em flor

Enche o meu peito, num encanto mago, O frémito das coisas dolorosas... Sob as urzes queimadas nascem rosas... Nos meus o...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 09:56
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Alma perdida

Toda esta noite o rouxinol chorou, Gemeu, rezou, gritou perdidamente! Alma de rouxinol, alma da gente, Tu és, talvez, al...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 09:46
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Sem remédio

Aqueles que me têm muito amor Não sabem o que sinto e o que sou... Não sabem que passou, um dia, a Dor À minha porta e, ...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 09:46
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Impossível

Disseram-me hoje, assim, ao ver-me triste: "Parece Sexta-Feira de Paixão. Sempre a cismar, cismar de olhos no chão...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 09:44
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Amar!

Eu quero amar, amar perdidamente! Amar só por amar: aqui... além... Mais Este e Aquele, o Outro e toda a gente... Amar! ...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 09:43
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Nocturno

Amor! Anda o luar, todo bondade, Beijando a Terra, a desfazer-se em luz... Amor! São os pés brancos de Jesus Que anda pi...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 09:42
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
Quarta-feira, 1 de Julho de 2009

Mais triste

É triste, diz a gente, a vastidão Do mar imenso! E aquela voz fatal Com que ele fala, agita o nosso mal! E a Noite é t...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 09:41
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|

::Com Todas As Letras

::Procurar

 

::Agosto 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

::Novos Artigos

:: Opressão

:: Sete Faces

:: É talvez o último dia da ...

:: Chegaremos ao fim

:: Cada gesto teu

:: ABÍLIO TERRA JÚNIOR-POETA...

:: Ainda não

:: A palvra

:: Os versos que te fiz

:: Velhinha

:: Eu não sou de ninguém

:: Em busca do amor

:: Horas rubras

:: Languidez

:: Charneca em flor

:: Alma perdida

:: Sem remédio

:: Impossível

:: Amar!

:: Nocturno

:: Mais triste

::Autores

:: a. ramos rosa(1)

:: abilio terra junior(5)

:: abreu paxe(3)

:: agostinho neto(3)

:: aires almeida santos(2)

:: alda lara(4)

:: alexandre dáskalos(1)

:: alexandre garcia(16)

:: alexandre o'neill(6)

:: almada negreiros(21)

:: almeida garrett(4)

:: álvares azevedo(2)

:: ana c.(5)

:: ana paula tavares(4)

:: antero de abreu(2)

:: anthony félix(1)

:: antónio carlos jobim(1)

:: antónio gedeão(5)

:: antónio jacinto(3)

:: arlindo barbeitos(11)

:: ary dos santos(3)

:: bocage(1)

:: boris vian(1)

:: carlos drummond de andrade(4)

:: castro alves(1)

:: cecília meireles(4)

:: célia meireles(1)

:: cesário verde(21)

:: charles bukowski(1)

:: conceição cristóvão(5)

:: david mestre(3)

:: diana vaz(18)

:: eloisa pereira(1)

:: ernesto lara filho(1)

:: eugénio de andrade(24)

:: federico garcía lorca(1)

:: félix grande(1)

:: fernando assis pacheco(1)

:: fernando guimarães(1)

:: fernando pessoa(186)

:: florbela espanca(18)

:: geraldo altoé(1)

:: guerra junqueiro(1)

:: helena faria monteiro(6)

:: henrique lisboa(1)

:: herberto helder(2)

:: hermes fontes(10)

:: inês reis(1)

:: irondino teixeira aguiar(1)

:: jaime sabines(1)

:: jessé barbosa de oliveira(1)

:: joão de melo(2)

:: joão maimona(1)

:: joão rasteiro(20)

:: joão tala(5)

:: jorge arrimar(2)

:: jorge casimiro(3)

:: jorge castro(1)

:: jorge de sena(5)

:: josé gomes ferreira(1)

:: josé luis mendonça(4)

:: josé luís peixoto(1)

:: josé saramago(14)

:: júlia lello(1)

:: letra de carlos tê (rui veloso)(1)

:: liliana correia(1)

:: lopito feijó(3)

:: luís de camões(56)

:: luiz pacheco(1)

:: lurdes mendes da costa(1)

:: malume medeiros(1)

:: manuel alegre(1)

:: manuel bandeira(16)

:: manuel c. amor(30)

:: manuel rui monteiro(3)

:: maria(1)

:: maria joão cantinho(1)

:: mário antónio(4)

:: mário henrique leiria(1)

:: marta david(1)

:: miguel torga(31)

:: minês castanheira(1)

:: murilo mendes(5)

:: nuno júdice(11)

:: nuno travanca(4)

:: oscar silbiger(1)

:: oswald de andrade(1)

:: pablo neruda(1)

:: papiniano carlos(1)

:: paulo ramos(1)

:: pedro laranjeira(1)

:: pedro mota(1)

:: piriska grecco(1)

:: rui duarte carvalho(6)

:: sá-carneiro(16)

:: sérgio godinho(8)

:: sérgio xarepe(4)

:: silvia munhoz(12)

:: vinicius de moraes(10)

:: viriato da cruz(6)

:: todas as tags

::Arquivos

::Links

::Ligações

Thomar Vrbe Tomar Sentido Rádio Comunicação Nova. Blogue José Saramago Alicerces Alquimia Submersa Da Literatura

::GameForge

blogs SAPO

::subscrever feeds