Sexta-feira, 12 de Agosto de 2011

Opressão

Ao passo de cada dia,

O vento corta-me a esperança,

E em cada noite,

Num momento de corrente fria,

O vento que vem de dia,

Corta-me também a liberdade!

Estou sufocado num abismo escuro e esta mágua intriga-me,

Esse momento tão puro que teima em chegar,

Começa a fervilhar nas profundezas e a reflectir-se no meu olhar!

Preciso de algo para lavar esta dor da minha mente,

Preciso de um pensamento eloquente que me faça seguir em frente

E que me devolva a liberdade!

A negação é certa e a metáfora enigmática,

Mas o estorvo não existíria se não fosse a matemática!

Dia-a-dia, o tempo vai voando,

Noite-a-noite, o pensamento vai-se intensificando!

Está-se a chegar o lumiar,

E eu permaneço neste abismo,

Sem eco, sem vida, sem luar!

Talvez seja demasiado paradoxal,

Talvez não se entenda a verdade,

Eu posso até ser anormal,

Mas tudo o que eu desejo é a liberdade!

Publicado por Pseudónimo às 04:59
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 22 de Abril de 2009

O teu olhar

Tarde, olhei-te nos olhos, Foi o meu erro, Não esperava algo tão sublime, Digo erro, Não por ser esse o sei sentido, Mas...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 13:20
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 22 de Abril de 2009

Lágrimas de um poeta

Quando choro, Sinto a poesia a escorrer-me pela cara, Cada lágrima é uma expressão, Um novo verso escrito pelo coração, ...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 13:17
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 22 de Abril de 2009

Suspiros

Manhã cerédula de um dia indistinto, impuro, Desejo apenas uma solidão temporária, Apagar esta dor permanente dos meus o...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 13:10
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 18 de Junho de 2008

Intimidade nula

Quero outra vida, Preciso de outra história, Tenho vontade de ter coragem Para descobrir o amor, Tenho vontade de esquec...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 19:29
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 18 de Junho de 2008

Sonho acordado

Dia tempestuoso de sol sem nuvens, O céu encontra-se manchado De mágoas e de angústia, A chuva cai, mas não molha, A nev...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 19:08
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Terça-feira, 17 de Junho de 2008

As palavras interditas

Tenho tanto para falar, Mas não sei como o fazer, Tento desabafar, Mas nada consigo dizer. Existem palavras interditas...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 10:21
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 16 de Junho de 2008

O Silêncio

O silêncio é o maior grito, O mais poderoso, Pesa no interior de quem o ouve, Intensifica a obscuridade, O medo. Faz bro...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 10:38
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 11 de Junho de 2008

Amor?

Amor é impossível, O mais provável é paixão, É o sentimento mais plausível, Que faz bater o coração. Estou apaixonado po...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 09:30
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Quarta-feira, 30 de Abril de 2008

Manhãs análogas neste...

Acordei de manhã, Olhei em volta, Nada se movera, Estava tudo exactamente no mesmo lugar, A minha vida estava exeactamen...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 10:57
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Sexta-feira, 18 de Abril de 2008

Testemunhos íngremes

Hoje, Saber que estou aqui, Não me deixa efusivo. Tudo o que sofri, Cresceu somente de uma palavra, Originando uma felic...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 17:04
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 14 de Abril de 2008

Amor sofrido

Olho-te de longe, A caminhar para mim, Será um bom começo? Nunca vi ninguém sorrir assim. Ao chegares perto, Passas-me...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 18:55
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Segunda-feira, 14 de Abril de 2008

Ninguém sabe

Tu não sabes o que é não ter sentidos, Não sabes o que é não ter amigos, Tu nem sequer sabes o que é andarmos sempre per...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 00:51
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 13 de Abril de 2008

Não tem sentido

Estou abismado num fosso profundo e negro que me consome. O ar abafado cria em mim uma calma inquietante...Os meus olhos...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 21:57
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos
Domingo, 13 de Abril de 2008

Não sei quem sou

Sinto-me só, Estou sozinho neste mundo enorme, Não tenho nada, Não sou nada, Não tenho ninguém, Não sou ninguém, Não sei...

Ler artigo
Publicado por Pseudónimo às 20:01
Link do post | Comentar | Adicionar aos favoritos

::Com Todas As Letras

::Procurar

 

::Agosto 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

::Novos Artigos

:: Opressão

:: O teu olhar

:: Lágrimas de um poeta

:: Suspiros

:: Intimidade nula

:: Sonho acordado

:: As palavras interditas

:: O Silêncio

:: Amor?

:: Manhãs análogas neste erm...

:: Testemunhos íngremes

:: Amor sofrido

:: Ninguém sabe

:: Não tem sentido

:: Não sei quem sou

::Autores

:: a. ramos rosa(1)

:: abilio terra junior(5)

:: abreu paxe(3)

:: agostinho neto(3)

:: aires almeida santos(2)

:: alda lara(4)

:: alexandre dáskalos(1)

:: alexandre garcia(15)

:: alexandre o'neill(6)

:: almada negreiros(21)

:: almeida garrett(4)

:: álvares azevedo(2)

:: ana c.(5)

:: ana paula tavares(4)

:: antero de abreu(2)

:: anthony félix(1)

:: antónio carlos jobim(1)

:: antónio gedeão(5)

:: antónio jacinto(3)

:: arlindo barbeitos(11)

:: ary dos santos(3)

:: bocage(1)

:: boris vian(1)

:: carlos drummond de andrade(4)

:: castro alves(1)

:: cecília meireles(4)

:: célia meireles(1)

:: cesário verde(21)

:: charles bukowski(1)

:: conceição cristóvão(5)

:: david mestre(3)

:: diana vaz(18)

:: eloisa pereira(1)

:: ernesto lara filho(1)

:: eugénio de andrade(24)

:: federico garcía lorca(1)

:: félix grande(1)

:: fernando assis pacheco(1)

:: fernando guimarães(1)

:: fernando pessoa(186)

:: florbela espanca(18)

:: geraldo altoé(1)

:: guerra junqueiro(1)

:: helena faria monteiro(6)

:: henrique lisboa(1)

:: herberto helder(2)

:: hermes fontes(10)

:: inês reis(1)

:: irondino teixeira aguiar(1)

:: jaime sabines(1)

:: jessé barbosa de oliveira(1)

:: joão de melo(2)

:: joão maimona(1)

:: joão rasteiro(20)

:: joão tala(5)

:: jorge arrimar(2)

:: jorge casimiro(3)

:: jorge castro(1)

:: jorge de sena(5)

:: josé gomes ferreira(1)

:: josé luis mendonça(4)

:: josé luís peixoto(1)

:: josé saramago(14)

:: júlia lello(1)

:: letra de carlos tê (rui veloso)(1)

:: liliana correia(1)

:: lopito feijó(3)

:: luís de camões(56)

:: luiz pacheco(1)

:: lurdes mendes da costa(1)

:: malume medeiros(1)

:: manuel alegre(1)

:: manuel bandeira(16)

:: manuel c. amor(30)

:: manuel rui monteiro(3)

:: maria(1)

:: maria joão cantinho(1)

:: mário antónio(4)

:: mário henrique leiria(1)

:: marta david(1)

:: miguel torga(31)

:: minês castanheira(1)

:: murilo mendes(5)

:: nuno júdice(11)

:: nuno travanca(4)

:: oscar silbiger(1)

:: oswald de andrade(1)

:: pablo neruda(1)

:: papiniano carlos(1)

:: paulo ramos(1)

:: pedro laranjeira(1)

:: pedro mota(1)

:: piriska grecco(1)

:: rui duarte carvalho(6)

:: sá-carneiro(16)

:: sérgio godinho(8)

:: sérgio xarepe(4)

:: silvia munhoz(12)

:: vinicius de moraes(10)

:: viriato da cruz(6)

:: todas as tags

::Arquivos

::Links

::Ligações

Thomar Vrbe Tomar Sentido Rádio Comunicação Nova. Blogue José Saramago Alicerces Alquimia Submersa Da Literatura

::GameForge

blogs SAPO

::subscrever feeds